8.1.14

Quais são as causas do Transtorno Bipolar?


>






Tudo na vida tem uma causa e um efeito isso é fato, um não pode existir sem o outro. E então o transtorno bipolar? A doença é considerada como o efeito; Então, quais são as causas do transtorno bipolar? Estudos ainda estão em curso e os pesquisadores ainda estão tentando determinar as causas exatas do transtorno bipolar. Evidências científicas afirmam que o desequilíbrio químico no cérebro tem algo a ver com transtorno bipolar. Mas, novamente, o que provoca o desequilíbrio químico? Algumas teorias plausiveis dizem que é devido a hereditariedade somados a gatilhos ambientais. Então vamos analisar cada um destes fatores.

O Desequilíbrio Químico

Algumas pessoas acreditam que o desequilíbrio químico no cérebro é causado por escassez de osmose e lítio. Mas essa é uma informação errada que traz muita confusão para a mente das pessoas. A maioria dos cientistas acreditam que as explicações psicológicas e biológicas podem ser a causa do desequilíbrio químico do cérebro.
Quando você fala sobre explicação biológica, o primeiro item da lista é genética. Hereditariedade é um grande problema e não há provas contundentes de que o transtorno bipolar passa através das gerações na família e reflete a vulnerabilidade genética.

O disturbio bipolar acredita-se ser causado polos sistemas de neurotransmissores. Durante décadas, os cientistas já estão cientes de que existe uma relação entre os transtornos de humor e os neurotransmissores. Baixos ou altos níveis de serotonina, dopamina ou norepinefrina causam desordem bipolar. Também existem estudos que indicam uma mudança nas celulas nervosas, receptores e sensibilidade.

Por enquanto, os neurotransmissores são considerados como uma parte das causas do transtorno bipolar, mas seu papel exato ainda não foi estabelecido. Investigações ainda está sendo conduzidas.

Geneticistas estão tentando determinar os cromossomos e genes que atuam como portadores do transtorno bipolar. Eles querem descobrir se esses cromossomos ou genes agem singularmente ou em conjunto. O gene GRK-3 e alguns cromossomos estão vinculados com o disturbio bipolar. Mas a maioria dos cientistas e geneticistas concordam que 50% é causado pela genética e a outra metade é devido ao ambiente.

Estudos contínuos estão ainda em curso. São necessárias ferramentas sofisticadas para descobrir o que ativa os genes ou cromossomos e como esses afetam o comportamento humano. Uma vez que o conhecimento molecular é adquirido, novas terapias podem ser projetadas para facilitar muito a vida dos doentes bipolares.
Os gatilhos ambientais

A vida é cheia de eventos estressantes, e este é o principal causador da manifestação de transtorno bipolar. Eventos estressantes podem ser por exemplo: perda do emprego, morte de um ente querido, ou qualquer coisa que é vivenciada por um indivíduo. Existem estudos que mostram que eventos estão associados a sintomas do transtorno bipolar. Assim quando esse gatilho é acionado da inicio ao transtorno bipolar, ele logo irá progredir e continuar.

causas transtorno bipolarPara resumir tudo, alguns cientistas foram capazes criar um modelo chamado Diátese-estresse. Este é um termo que se refere a uma pessoa que é suscetível a doenças como transtorno bipolar. Este modelo diz que cada indivíduo herda predisposições físicas que põem eles em risco para possíveis problemas que podem ser encontrados. Para que um transtorno seja criado a tendência hereditária, bem como as condições estressantes são necessárias.

Então se você está sofrendo de transtorno bipolar, é provável que você tenha herdado alguns genes que o tornaram suscetível a doença, e que alguns eventos em sua vida o disparou. Os cientistas ainda estão estudando esse transtorno e as teorias ainda podem ser refinadas.

Ao se informar e aplicar os conhecimentos adquiridos pelos cientistas, os pacientes bipolares podem ter mais sucesso em traças estratégias de tratamento solidos baseados na ciência; e não no método tentativa – erro.

O disturbio bipolar normalmente começa a aparecer por volta dos 25 anos de idade, mas há casos onde até mesmo crianças e adolescentes são diagnosticados com a doença. Médicos e pacientes ainda lutam contra essa difícil doença, especialmente se não estiver sendo realizado o tratamento correto.

Viver com essa doença é bastante difícil, mas com muitas descobertas ainda a serem feitas, os pacientes e suas famílias podem ter a certeza de que logo compreenderemos por completo as causas do transtorno bipolar e com isso um futuro brilhante e normal os espera. Portanto, grande atenção deve ser dada para os diversos estudos e pesquisas que especialistas estão a fazer, fique ligado!

Receba informações sobre Sua Saúde no Email

Comente:

Comment

facebook