Curta e Siga


Transtorno Bipolar x Atividade Física







O transtorno bipolar é uma doença mental marcada por mudanças extremas de humor. Os sintomas podem incluir estado de euforia (mania) e episódios de depressão. Segundo o presidente da ABTB, "a depressão é geralmente igual ou superior a 15 dias (podendo chegar a 2 anos), a mania dura pelo menos uma semana e a hipomania (euforia leve) demora ao menos quatro dias. E tudo isso é intercalado com fases de normalidade". As pessoas com transtorno bipolar podem ter dificuldade em gerenciar tarefas do dia a dia, no trabalho e em manter relacionamentos. Não há cura, mas existem muitas opções de tratamento disponíveis que podem ajudar a controlar os sintomas

Para a maioria das pessoas, o exercício físico pode ter um efeito positivo no humor. Quando você se exercita, seu corpo libera endorfinas, que são conhecidas como substâncias químicas que fazem com que você se sinta bem. É por isso que o exercício é frequentemente recomendado para pessoas com depressão e até como estratégia para combater o estresse

A atividade física é indicada como auxiliar no tratamento de transtorno bipolar. Com relação ao tipo, o principal é que seja um esporte de interesse da pessoa e que esteja de acordo com as condições físicas da pessoa.

O exercício físico deve ser muito bem orientado por um profissional experiente na patologia e também liberado pelo seu médico, que deve acompanhar se para aquele paciente os sintomas estão melhorando ou não.

É importante também estabelecer uma rotina com dias e horários para o esporte.
Não esqueça também que ele não substitui o tratamento psiquiátrico, nem a psicoterapia, mas colabora com estes tratamentos e melhora a qualidade de vida do paciente.

As pesquisas que analisaram a relação entre atividade física e Transtorno Bipolar são escassas, mas também demonstraram que exercícios físicos ajudam a diminuir a ansiedade, a depressão e o estresse em pacientes afetados, de acordo com o estudo de revisões sistemáticas liderado por Robert Stanton, da Universidade Central de Queensland, Austrália. Porém, cuidado com os excessos! A atividade física muito intensa pode resultar em exacerbação do estado de mania ou do estado depressivo. Em função disso a prática deve ser adotada moderadamente.

Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário